Nota de esclarecimento sobre operação do Ministério Público em São José dos Campos  
Imprimir  Enviar  Fechar
Veículo: DPE-SP
Data: 2/12/2017
 
Diante de alguns boatos e relatos falsos que têm circulado em redes sociais na internet, a Assessoria de Imprensa da Defensoria Pública de SP esclarece que nenhum órgão ou membro da instituição é responsável por suposto habeas corpus ajuizado perante o Superior Tribunal de Justiça com relação a recente decisão do Tribunal de Justiça de SP que determinou a prisão preventiva de policiais civis no âmbito de uma investigação promovida pelo Ministério Público de SP.

Aparentemente, a informação equivocada é resultado de um erro no cadastro do referido habeas corpus no STJ, onde consta menção à Defensoria Pública. O setor responsável do STJ será contatado tão logo quanto possível para que promova a correção dessa informação.

Assessoria de Imprensa - Defensoria Pública de SP

Imprimir  Enviar  Fechar