Com 9,4 mil pessoas inscritas, primeira fase do VIII Concurso de Ingresso na Carreira é realizada na Capital  
Imprimir  Enviar  Fechar
Veículo: DPESP
Data: 15/4/2019
 
 
 Banca Examinadora acompanhou aplicação da prova; Defensor-Geral também esteve presente

 

Foi aplicada no último domingo (15) a primeira prova - escrita objetiva - do VIII Concurso de Ingresso na carreira de Defensora ou Defensor Público do Estado de São Paulo. O certame contou com 9.444 pessoas inscritas, sendo 184 com deficiência e 795 que se autodeclararam negros e/ou indígenas. Houve 14,4% de desistência – abaixo da média de primeira fase de concursos similares.
 
A Presidente da Banca Examinadora, Defensora Fabiana Zapata, também 2ª Subdefensora Pública-Geral do Estado, comemorou a realização da primeira fase do concurso, que ocorreu sem problemas. “Encerrada a primeira fase objetiva, com regularidade e sem intercorrências, o concurso segue para a indicação dos candidatos aprovados nesta fase e prazo para recurso. O número de inscritos superou o do concurso anterior, com 9,4 mil inscrições válidas - sendo que 795 de candidatos que se autodeclararam negros ou índios, crescimento de quase 90% em relação às autodeclarações recebidas no concurso anterior”, disse.
 
O Defensor Público-Geral, Davi Depiné, acompanhou a aplicação da prova no último domingo, realizada em uma universidade da Capital. A banca examinadora, composta pelos seguintes Defensores e Defensoras, também esteve presente: além de Fabiana Zapata (Presidência), as Defensoras Bruna Simões França (Direito Civil e Comercial), Mônica de Melo (Direito Constitucional), e Bruna Gonçalves da Silva Loureiro (Direito Penal), e pelos Defensores Ricardo Cesar Franco (Direito Administrativo e Direito Tributário), Fabio Jacynto Sorge (Direito Processo Penal), Cesar Augusto Luiz Leonardo (Direito Processo Civil), Flavio Américo Fasseto (Direito da Criança e do Adolescente), Felipe Hotz de Macedo Cunha (Direitos Humanos), Vitore Andre Zilio Maximiano (Princípios e Atribuições Institucionais da Defensoria Pública do Estado) e Aluisio Iunes Monti Rugerri Ré (Direitos Difusos e Coletivos).
 
A previsão é que o resultado da primeira etapa seja divulgado no dia 20 de maio. Já a próxima fase, com a aplicação da segunda prova escrita, será realizada nos dias 8 e 9 de junho.  São disponibilizadas 40 vagas, mas o concurso poderá selecionar candidatos para outras que abrirem ou forem criadas dentro do prazo de validade do certame. Há reserva de 5% dos cargos para candidatos com deficiência e 20% para candidatos que se declararem negros ou indígenas.

Imprimir  Enviar  Fechar