Nova composição do Conselho Consultivo da Ouvidoria-Geral da Defensoria Pública toma posse  
Imprimir  Enviar  Fechar
Veículo: DPE-SP
Data: 6/8/2019
 
   

A nova composição do Conselho Consultivo da Ouvidoria-Geral da Defensoria Pública de SP para o próximo biênio tomou posse nesta terça-feira (6), em solenidade realizada na sede da instituição na Capital.

Os novos integrantes receberam as boas-vindas do Defensor Público-Geral, Davi Depiné, que fez uma apresentação a respeito da instituição paulista, e do Ouvidor-Geral, Willian Fernandes.

  

Confira abaixo os nomes que passam a integrar o Conselho Consultivo da Ouvidoria-Geral. A lista detalhada com minibiografias pode ser acessada aqui.

Conselheiros e Conselheiras: Albertina Costa, socióloga e ativista feminista; Américo Sampaio, sociólogo e integrante da Rede Nossa São Paulo; Anderson Lopes Miranda, fundador do Movimento Nacional da População de Rua; Antonia Lidinalva Ferreira do Nascimento, coordenadora da Frente de Luta por Moradia; Benedito Roberto Barbosa, advogado do Centro Gaspar Garcia de Direitos Humanos e da União dos Movimentos de Moradia de São Paulo; Carla Mauch, fundadora e coordenadora geral da Mais Diferenças; Glauter Del Nero, advogado e integrante do Instituto de Defesa do Direito de Defesa; Isabella Henriques, advogada, diretora do Instituto Alana; José Vicente, reitor da Universidade Zumbi dos Palmares; Kenarik Boujikian, Desembargadora aposentada do Tribunal de Justiça de SP; Lais de Figueiredo Lopes, advogada com atuação em direitos humanos; Luciano Santoro, advogado e coordenador do Núcleo de Estudos Penitenciários da Comissão Justiça e Paz de São Paulo; Lucila Pizzani, professora, filósofa e militante em organizações da sociedade civil; Lucio França, advogado, jornalista e membro da Comissão de Direitos Humanos da OAB-SP; Marcos Fuchs, advogado e diretor executivo do Instituto Pro Bono; Oriana Jara, imigrante chilena militante por direitos humanos; Padre Valdir da Silveira, militante pelos direitos das pessoas presas; Renan Quinalha, professor, advogado e ativista de direitos humanos com foco em memória e população LGBT; Rodnei Jericó, advogado militante contra o racismo; Rogério Sottili, mestre em história com atuação em políticas públicas de memória e verdade; Sonia Couto, professora aposentada e membro do Instituto Paulo Freire; Tata Amaral, cineasta com produções relacionadas a direitos humanos.

Membros de notório saber: Camila Marques, advogada e integrante da ARTIGO 19; Luciana Gross Cunha, professora e pesquisadora sobre acesso e administração da justiça; Maria Tereza Sadek, professora aposentada do DCP-USP, com experiência na área de Ciência Política; Rafael Valim, professor e advogado com atuação em Direito Administrativo; Silvio Almeida, advogado e professor de Filosofia.


Imprimir  Enviar  Fechar