Florisvaldo Fiorentino Júnior toma posse no cargo de Defensor Público-Geral do Estado de São Paulo  
Imprimir  Enviar  Fechar
Veículo: DPE-SP
Data: 15/5/2020
 

 

Florisvaldo Fiorentino Júnior tomou posse no cargo de Defensor Público-Geral do Estado, durante sessão do Conselho Superior da Defensoria realizada na manhã desta sexta-feira (15/5). A reunião foi feita virtualmente, em razão da pandemia do Covid-19. 

O mandato do novo DPG para o biênio 2020-2022 se inicia neste sábado (16/5). Florisvaldo irá suceder Davi Eduardo Depiné Filho, que esteve na chefia da instituição nos últimos quatro anos.
 
Em seu discurso de posse, Florisvaldo Fiorentino Júnior parabenizou seu antecessor, de quem disse ter recebido lições diárias durante a convivência na Defensoria-Geral. Também agradeceu a todos os colegas que participaram da equipe de gestão, bem como integrantes do Conselho Superior durante o período. 


O novo DPG destacou que os desafios ordinários na condução de uma instituição com a importância da Defensoria Pública ganham neste momento contornos mais nítidos com o cenário de pandemia que afeta a sociedade em geral – e, em especial, as pessoas socialmente mais vulneráveis. “É essa parcela da população que mais precisará de uma Defensoria Pública presente, sólida e, principalmente, acessível”, afirmou. 

“No entanto, tenho plena convicção de que, juntos, Administração, Conselho Superior, membros, Servidores e Estagiários não pouparemos esforços na superação desse momento, para que a Defensoria prossiga sua marcha no sentido de enaltecer e qualificar sua essencialidade para a população economicamente vulnerável no nosso Estado, objetivo que pretendo levar comigo nesses próximos dois anos”, concluiu Florisvaldo.

Durante a transmissão do cargo, Davi Depiné parabenizou Florisvaldo e disse estar certo de que ele tem todos os predicados necessários para conduzir a instituição daqui para frente. Ele agradeceu todos os Defensores e Defensoras, Servidores e Servidoras, sobretudo aqueles que atuam na Administração e no Conselho Superior. “É graças a essa equipe que muitos objetivos foram alcançados”, afirmou.
 
Florisvaldo Fiorentino Júnior foi nomeado no dia 27/4 pelo Governador do Estado, João Dória. Ao Defensor Público-Geral compete a administração superior da Defensoria, nos termos da Lei Complementar Estadual nº 988/2006. A nomeação é feita pelo Governador do Estado para um mandato de dois anos, a partir de lista tríplice definida em eleições. 

Neste ano, Florisvaldo apresentou-se como candidato único para a eleição de seus pares na carreira. Antes de assumir a Defensoria Pública-Geral, ele atuava, desde 2016, como 3º Subdefensor Público-Geral do Estado.

Imprimir  Enviar  Fechar